Financiamento Coletivo do Absorvidas


O Absorvidas luta pelo fim da pobreza menstrual dentro das prisões do RJ. Vamos doar bioabsorventes e material sobre educação menstrual em nosso piloto.

UNDk855.png

Antes de entender nossa missão, é importante entender as raízes do problema que lutamos para resolver, assim como a forma que se manifesta no Brasil. A pobreza menstrual vai muito além da falta de produtos menstruais. Ela estrutura-se na falta de conhecimento sobre o ciclo menstrual - um problema que, por sua vez, se fortalece pela estigmatização causada pelos tabus sociais e culturais.

Nossa missão é acabar com a pobreza menstrual nas prisões do estado do Rio de Janeiro. Atualmente, existem mais de 42 mil mulheres encarceradas no Brasil, número que representa um aumento alarmante na população carcerária feminina de 650% apenas nas últimas duas décadas, segundo pesquisas da Fundação Getulio Vargas. Soma-se a este o problema da baixa escolaridade das mulheres em privação de liberdade. Segundo Levantamento de Informações Penitenciárias - INFOPEN, Junho/2018, 74% da população prisional feminina do Estado do Rio de Janeiro ainda não acessou o ensino médio, tendo concluído, no máximo, o ensino fundamental e apenas 12% concluiu o ensino médio. Os dados da escolaridade levantam o questionamento acerca da falta de conhecimento do ciclo menstrual

O Estado falha ao negligenciar as especificidades de gênero e fornecer absorventes para as detentas. Em alguns casos, o produto chega a ser responsabilidade delas, o que é inviável, uma vez que elas não podem comprar e muitas são abandonadas ao ingressar no sistema. Esse cenário faz com que o absorvente vire uma valiosa moeda de troca em muitas penitenciárias.

Para solucionar o problema, vamos fornecer produtos menstruais ecológicos para todos os presos que menstruam. Além disso, em parceria com a Herself, vamos ofertar material, que será ministrado por especialistas em educação menstrual a fim de levar também a dignidade menstrual.

TB2rHJc.png

Uma vez que precisamos mostrar a viabilidade do projeto, o piloto acontecerá baseando-se na doação de bioabsorventes. O ABSORVIDAS, junto à Herself, organizará remotamente palestras e workshops que abordam educação menstrual, com o auxílio de profissionais especializados no tema. Nosso plano a longo prazo é trabalhar em parceria com a Fundação Santa Cabrini, vinculada à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP), que atua como braço social do cumprimento da pena no Estado do Rio de Janeiro para que as detentas possam produzir os bioabsorventes dentro da penitenciária. Muito mais do que garantir o direito a acesso à higiene menstrual, nosso projeto visa fornecer uma oportunidade para as detentas adquirem habilidades em costura e confecção. Como a indústria de produtos menstruais ecológicos no Brasil é relativamente nova, a capacitação das mulheres em cárcere representará a possibilidade de uma fonte de renda, o que trará consequentemente autonomia financeira após o cumprimento de suas penas. Desta forma, nosso objetivo é não só proteger as detentas da violência da negligência do Estado, mas também dos desafios da ressocialização de ex detentas em uma sociedade dominada pelo machismo estrutural.
  • Anônimo

    R$200

    Todas merecem uma segunda chance

  • Anônimo

    R$60

    Todas merecem uma segunda chance

  • Anônimo

    R$30

    Todas merecem uma segunda chance

  • Anônimo

    R$15

    Todas merecem uma segunda chance

  • Anônimo

    R$50

    Todas merecem uma segunda chance

  • Anônimo

    R$50

    Todas merecem uma segunda chance

  • Anônimo

    R$20

    Todas merecem uma segunda chance

  • Anônimo

    R$500

    Todas merecem uma segunda chance

  • Anônimo

    R$1,500

    Vamos dar dignidade as mulheres

  • Anônimo

    R$800
Nenhum resultado foi encontrado

Danielle Rodrigues

Criado 13/01/2021 rio de janeiro

36 dias restantes

R$6,225 de R$30,000 objetivo

21% Levantado Por 11 Doação 7-ONG /Comunidade