Combater o COVID-19 e a FOME na Amazônia


Queremos ajudar famílias na Amazônia com alimentos, máscaras e informativos para enfrentar a pandemia numa das cidades mais atingidas pelo coronavírus.

iyuimTY.jpg

PRECISAMOS DA SUA DOAÇÃO PARA AJUDAR FAMÍLIAS VULNERÁVEIS DA AMAZÔNIA • Tefé é a 5ª cidade do Brasil em casos de COVID-19 (por habitante);
• Só existem 5 respiradores no hospital e a UTI mais perto fica a 500km, em Manaus;
• A cidade do interior do Amazonas é o pólo para cerca de 5 mil famílias ribeirinhas e indígenas, que dependem de ir à cidade vender seus produtos, comprar o que não produzem localmente e utilizar serviços como bancos, hospitais etc;
• Antes da pandemia, a maioria das famílias do interior do Amazonas já sofria com alimentação inadequada, que piora ainda mais agora na época da cheia quando a pesca e a agricultura são mais difíceis;
• Devido à perda da renda e ao isolamento, a COVID-19 está causando uma pandemia de FOME;
• Diante disso, formamos uma rede de apoio contra a fome durante a pandemia na cidade de Tefé;
• Já mandamos mais de 1.500 máscaras reutilizáveis e quase 100 cestas básicas para famílias urbanas, ribeirinhas e indígenas.

9oCJmKY.jpg

Com sua doação compraremos kits de cesta básica e produtos de higiene para serem distribuídos por nossos parceiros (veja abaixo). • com R$10 compramos 2 máscaras reutilizáveis;
• com R$100 compramos uma cesta básica com alimentos e materiais de higiene para uma família suficientes por um mês. Seja um doador e entre para a nossa rede de apoio de combate à FOME durante a pandemia de COVID-19 no interior da Amazônia. Agradecemos pela sua ajuda!

v0ASkeb.jpg

Quem somos: Somos um grupo de voluntários da sociedade civil, biólogos, profissionais da área de pesquisa, conservação da biodiversidade e segurança alimentar de populações amazônicas que atualmente trabalham e residem na cidade de Tefé, Amazonas.

Tabatha Benitz, Daniel Tregidgo, Daniele Barcelos, Jéssica Melo e Rodrigo Nunes trabalham no Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e desenvolvem pesquisas e ações nas Reservas de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e Amanã, no médio Solimões - Amazonas.

Lucas Ramus é gerente da Tupebas Turismo, que opera o turismo de base comunitária na FLONA de Tefé. Erika Berenguer trabalha nas universidades de Oxford e Lancaster, no Reino Unido, e trabalha com comunidades tradicionais na Amazônia há 12 anos. Nossa rede de parceiros: Cáritas Tefé - A Cáritas Internacional é uma confederação de 162 organizações humanitárias da Igreja Católica que atua em mais de duzentos países. Coletiva e individualmente, sua missão é trabalhar para construir um mundo melhor, especialmente para os pobres e oprimidos.

Conselho Indigenista Missionário (CIMI) - O Cimi é um organismo vinculado à CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) que, em sua atuação missionária, conferiu um novo sentido ao trabalho da igreja católica junto aos povos indígenas, com o compromisso com a causa indígena dentro de uma perspectiva mais ampla de uma sociedade democrática, justa, solidária, pluriétnica e pluricultural.

Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) por meio do Departamento de Mudanças Climáticas e Gestão de Unidades de Conservação (DEMUC) - A temática ambiental é primordial para o desenvolvimento do Amazonas, permitindo a gestão equilibrada das atividades social e econômica, com apropriação dos benefícios gerados à sociedade. A Sema busca o fortalecimento da gestão e uso dos recursos necessários, o aprimoramento dos sistemas tecnológicos atrelados aos processos de gestão, ordenamento territorial e ambiental, monitoramento e investimentos em infraestrutura básica de acesso a recursos com qualidade
ambiental saudável.

Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM) - Atua há mais de 20 anos na região com a missão de promover pesquisa científica sobre a biodiversidade, manejo e conservação dos recursos naturais da Amazônia de forma participativa e sustentável. Durante a pandemia está realizando importantes ações como: o projeto Comunidade Informada com a produção de cards informativos e programas de rádio com foco nas populações rurais das Reservas de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e Amanã, o desenvolvimento do Painel COVID-19 com atualização em tempo real dos casos no Amazonas, subsidiando com informações os tomadores de decisão em nivel municipal e estadual. Além disso, faz parte do Comite de Instituições no enfrentamento da COVID e publicou notas técnicas mostrando a importancia do Lockdown e os potenciais impactos nas comunidades ribeirinhas. Na campanha, nos ajudará na articulação e contato com as lideranças das reservas que recebrão o apoio e também com informações técnicas sobre as localidades.

Associação das Mulheres Indígenas do Médio Solimões e Afluentes (AMIMSA) - Organização das mulheres indígenas que vem atuado fortemente na região em busca da visibilidade da mulher indígena, bem como na reinvidicação de seus direitos. Nesse monento de pandemia, tem atuado em diversas frentes realizando campanhas de prevenção e distribuição de materiais para os indígenas.

Associação dos Moradores e Usuários da Reserva Mamirauá (AMURMAM) - Associação que representa e luta pelos direitos do moradores da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá e entorno. Na campanha, serão nossos parcerios na entrega das cestas as famílias mais vulneráveis da Reserva Mamirauá.

Central das Associações de Moradores e Usuários da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã (CAMURA) - Associação que representa politicamente e defende os interesses dos moradores da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Amanã. Na campanha, serão nossos parcerios na entrega das cestas as famílias mais vulneráveis da Reserva Amanã.

Associação de Auxiliares e Guias de Ecoturismo do Mamirauá (AAGEMAM) - Organização que faz a gestão e operação na atividade de turismo de base comunitária da Pousada Uacari na Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá. Na campanha será responsável por entregar cestas aos trabalhadores e trabalhadoras da Pousada que estão com suas atividades de turismo suspensas.

Associação dos Produtores Agroextrativistas da Flona de Tefé e Entorno (APAFE) - Representa os interesses e luta por melhorias dos moradores da Floresta Nacional de Tefé e entorno, bucando: - Promover a união comunitária; -Melhorar a qualidade de vida de seus associados; -Buscar junto aos órgãos públicos e instituições privadas assistência médico, educacional, recreativa e jurídica aos associados; -Filiar-se a outras entidades congêneres sem perder sua autonomia, e Preservar o meio ambiente.

Conselho Municipal da Mulher (COMDIM) - Conselho municipal que reune diversas Instiruições de Te
fé, lutando por políticas públicas e direito das mulheres no município de Tefé. Secretaria Municipal de Saúde (SEMSA) de Tefé - Responsável pelas ações de saúde do município de Tefé e aticuladora primordial pelas campanhas de prevenção, informação à população e organização do trabalho nos hospitais com os pacientes infectados. Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMASC) de Tefé - Responsável pelas ações de assistência social e cidadania no município de Tefé e tem organizado a distribuição de kits de higiene, cestas básicas, máscaras, informações de prevenção, além de manter a população em situação de rua em segurança e com todos os serviços básicos nesse momento de epidemia em uma escola local.

Nossas ações: Já entregamos máscaras e cestas básicas numa pequena escala e com sua ajuda queremos fazer mais! Com doações de amigos, já começamos a distribuir cestas básicas e máscaras para algumas famílias com ajuda dos nossos parceiros. Já mandamos mais de 1.500 máscaras reutilizáveis e quase 100 cestas básicas para famílias urbanas, ribeirinhas e indígenas.

BZaAJcB.jpg

4HyLk3K.jpg

Em abril conseguimos arrecadar entre amigos R$1800,00 para doação de máscaras de tecido aos combatentes do coronavírus em Tefé. Mais de 800 máscaras produzidas por costureiras voluntárias e agentes de saúde e assistência social do município foram distribuídas. Doamos 100 máscaras para os Kumaru, um dos povos indígenas mais isolados da região.

JdupBDV.jpg

Mais informações Estamos situados na cidade de Tefé, localizada no interior da Amazônia, no Médio Solimões. Tefé é uma cidade pólo para duas grandes Reservas de Desenvolvimento Sustentável (Mamirauá e Amanã) e para a Floresta Nacional de Tefé, onde existem mais de 300 comunidades ribeirinhas e indígenas.

W7FOk9w.jpg

Tefé, no interior do Amazonas, é uma das cidades mais afetadas pelo coronavírus no Brasil. Ribeirinhos e indígenas precisam se deslocar para Tefé para vender seus produtos e comprar insumos diversos, já que nesta época do ano, a maioria das terras ficam inundadas pelo ciclo hidrológico da Amazônia, sendo impossível plantar alimento e dificil pescar. Diante disso, o risco de transmissão do vírus para as comunidades é muito alto. Tefé tem uma das piores estruturas de saneamento básico do país, apenas 31% de esgotamento sanitário adequado. Com falta de saneamento, medidas simples de higiene para prevenção da COVID-19 se tornam mais difíceis. O Hospital Regional de Tefé tem apenas 5 respiradores, nenhuma UTI para atender uma população de 60 mil habitantes. Só existem leitos de UTI em Manaus e os do SUS já estão superlotados. Diante disso, formamos uma rede de apoio contra a fome durante a pandemia na região do Médio Solimões, Amazonas, uma das áreas mais afetadas do país, numa região quase que esquecida pelo resto do Brasil. Precisamos da sua ajuda para conseguir comprar e distribuir kits de cesta básica e produtos de higiene para quem mais precisa. Com os recursos arrecadados doaremos alimentos e EPIs para as famílias carentes de Tefé, mulheres, ribeirinhos e indígenas em situação de vulnerabilidade. Seguem alguns relatos de nossas experiências, pessoais e profissionais na atual crise: "O Hospital Regional atende a população de Tefé, comunidades ribeirinhas e populações indígenas da região. Hoje estamos enfrentando uma fase crítica de evolução da pandemia de COVID-19, com o número de novos casos e mortes crescendo exponencialmente e a ocupação dos leitos hospitalares próximo a capacidade máxima. Também notamos que muitos de nossos pacientes, ao receberem alta hospitalar para concluir o tratamento em casa, relatam grandes dificuldades de manter a si a seus familiares em quarentena. Com dificuldades financeiras, muitos precisam sair de casa pra procurar serviços avulsos. Por isso, gostaria de pedir a colaboraçao de vocês para distribuirmos alimentos e kits de prevenção para famílias de pacientes de baixa renda com COVID-19 e para a população mais carente da nossa região." Laura Crivelari Macieira (médica infectologista no Hospital Regional de Tefé - AM) "A fome já é um problema na Amazônia, particularmente quando os peixes são difíceis de pegar durante estação de cheias na Amazônia, justamente agora. A pandemia está tornando a situação muito pior, e muitos moradores locais, que dependem do mercado local, estão lutando para alimentar suas famílias, porque não conseguem vender seus produtos. Muitas destas pessoas não tem todos os documentos, celular e internet necessários para se cadastrar e pedir a ajuda emergencial do governo, sobretudo a população rural. Para mais informações, leiam meus artigos e ouçam o podcast sobre o tema." Daniel Tregidgo (pesquisador em segurança alimentar do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá, Tefé - AM)

tJgLf6u.png

Esse é o terceiro maior número de casos confirmados de contaminação por COVID-19 no estado do Amazonas, são mais óbitos por 100 mil habitantes do que em Manaus. Mesmo com as melhorias para enfrentar a pandemia, as condições do Hospital de Tefé são precárias e a equipe já sobre com a falta de profissionais que foram afastados após contrair o vírus. O Amazonas já entrou em colapso dos sistemas de saúde devido à COVID-19. A cidade foi uma das primeiras do Brasil a entrar em lockdown. No entanto, com a paralisação, muitas pessoas estão enfrentando dificuldades para garantir seu sustento diário, agravando o impacto da pandemia na cidade. Quase metade das pessoas que vivem na amazônia vivem em pobreza de renda, quase o dobro da média nacional (25%), segundo dados do IBGE. Diante da crise de saúde pública, da grave crise econômica e do necessário estado de lockdown que enfrenta Tefé, a população mais carente sofre com desemprego, alta de preço dos alimentos e consequente carência alimentar. Estamos identificando junto às secretarias de assistência social e de saúde municipais, além de ONGs e associações, as famílias que se encontram em situação de alto risco de saúde e/ou insegurança alimentar em função da crise gerada pela pandemia de COVID-19. Com sua ajuda, vamos distribuir cestas básicas e kits de prevenção para as famílias mais vulneráveis. Muito obrigado a todos os colaboradores desta campanha, sua atitude vai ajudar a salvar vidas! Referências: Monitoramento COVID-19 Amazonas http://www.saude.am.gov.br/painel/corona/ Curva de contágio da Covid-19 cresce no AM e doença avança para quase 90% dos municípios do interior https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2020/05/07/curva-de-contagio-da-covid-19-cresce-no-am-e-doenca-avanca-para-quase-90percent-dos-municipios-do-interior.ghtml Pesquisa aponta que em Tefé, no AM, 12 mil já contraíram Covid-19; 2ª maior proporção do país https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2020/05/25/pesquisa-aponta-que-tefe-no-am-tem-mais-de-40-mil-infectados-pela-covid-19-2a-maior-proporcao-do-pais.ghtml Boletim diário COVID-19 no amazonas. Fundacao de Vigilancia em Saude do Amazonas. http://www.fvs.am.gov.br/transparenciacovid19 Segurança Alimentar http://wp.lancs.ac.uk/rede-cidada-am/files/2018/04/Seguranca-alimentar-divulgacao.pdf IBGE. (2017) Síntese de Indicadores Sociais – SIS, https://www.ibge.gov.br/estatisticas-novoportal/sociais/saude/9221-sintese-de-indicadores-sociais.html?=&t=downloads Dissemination of COVID-19 in cities and riverine communities in Central Amazonia. https://preprints.scielo.org/index.php/scielo/preprint/view/406/ Os Potenciais Impactos da Pandemia do Covid-19 nas Comunidades Ribeirinhas da Amazônia Central e as Soluções Recomendadas para Mitigação http://www.sedecti.am.gov.br/enfrentamento-ao-covid-cientistas-contribuem-com-estudos/ Em carta aberta, Greta Thumberg pede ajuda para combate à COVID-19 no Amazonas https://www.acritica.com/channels/manaus/news/em-carta-aberta-greta-thumberg-pede-ajuda-para-combate-a-covid-19-no-am Porque olhar para a Amazônia durante a pandemia https://infoamazonia.org/pt/2020/06/portugues-porque-olhar-para-a-amazonia-durante-a-pandemia Estudo relaciona mortes por Covid-19 a pobreza no Amazonas https://amazonasatual.com.br/estudo-relaciona-mortes-por-covid-19-a-pobreza-no-amazonas/ DESIGUALDADE NO ACESSO A LEITOS AGRAVA VULNERABILIDADE DA POPULAÇÃO AMAZÔNICA https://www.cidadessustentaveis.org.br/noticia/detalhe/3018 Amazonas é o segundo estado com hospitais mais distantes da população https://amazonasatual.com.br/amazonas-e-o-segundo-estado-com-hospitais-mais-distantes-da-populacao/
  • Anônimo

    R$150
  • Anônimo

    R$300
  • Anônimo

    R$1,500
  • Anônimo

    R$1,000
  • Anônimo

    R$3,000
  • Anônimo

    R$3,000
  • Anônimo

    R$20
Nenhum resultado foi encontrado

Laura Pereira de Melo

Criado 11/01/2021 Amazonas

42 dias restantes

R$8,970 de R$25,000 objetivo

36% Levantado Por 7 Doação 3- Causas / Doação